Programa de Desenvolvimento de Secretárias Executivas

Programa de Desenvolvimento de Secretárias Executivas

INTRODUÇÃO

Todos nós mantemos uma relação profissional praticamente contínua com as
secretárias, hoje transformadas em competentes assistentes executivas e/ou administrativas.

E, desses relacionamentos, onde vários nomes protagonizaram papéis de fundamental importância no sucesso das diversas atividades e projetos em que nos engajamos,deveríamos ter consciência de termos aprendido muito mais com todas elas, do que pudemos a elas ensinar.

Não se trata de uma apologia desnecessária, mas sim de um merecido reconhecimento não tardio, pois esse processo, ainda e felizmente, continua ocorrendo.

Não somente competências técnicas, mas também doses generosas de inteligência emocional, equilibradas com conjuntos diferenciados de competências essenciais; esse tem sido o “cimento” que ajuda a consolidar as carreiras de muitos executivos de sucesso pelo mercado mundo afora. Afinal, o que seria deles, sem o suporte incondicional de suas assessoras?
Mas, embora o passado tenha sido importante na percepção do valor agregado pelas secretárias, é essencial que falemos sobre o perfil da assistente executiva do presente e, principalmente, do futuro.

Com um arsenal tão impressionante de novas ferramentas disponibilizadas todos os dias, essas profissionais absorvem, cada vez mais, a gestão de recursos muito valiosos das organizações. E, esse poder de influência transcende a abrangência do executivo a quem elas se reportam.

Contudo, a sua maior responsabilidade no futuro será aplicar esse potencial para disseminação de comportamentos sustentáveis.
Pelo seu exemplo, ela deverá facilitar processos que conduzam a uma gestão sustentável nas pequenas e grandes organizações.

Uma definição de liderança atribuída a Einsenhower diz que liderar é conseguir fazer com que as pessoas façam o que mais desejam fazer.
E pela capilaridade imensa da rede de relacionamentos internos e externos que as secretárias possuem, não é difícil avaliar a dimensão de sua capacidade para liderar a tomada de pequenas, mas importantes atitudes positivas, empreendedoras, e construtivas dentro de seu ambiente de trabalho.

Essa nova competência talvez seja a melhor forma de materializar a sustentabilidade como algo que pode transformar as secretárias em protagonistas de uma mudança para processos administrativos melhores, com chefes assessorados em alto nível, e ambientes organizacionais muito mais equilibrados.

Afinal, liderança sem poder é a essência da autoridade.

Certamente, elas já tomaram consciência disso. Será mesmo?

OBJETIVOS

Numa abordagem direta e atual, os conceitos e fundamentos necessários para formação de um perfil de competências para Assistentes Executivas, sintonizado com as necessidades das lideranças empresariais e seus negócios, estarão integrados a uma visão ampla, baseada em exemplos e casos reais, sobre como atuar profissionalmente e suas oportunidades nos dias de hoje.

POSSÍVEIS TÓPICOS

  • Histórico e contexto atual do papel das Assistentes executivas
  • Gestão por Competências
  • Competências Técnicas e Essenciais
  • Como incorporá-las e utilizá-las para alcançar sucesso
  • Gestão de recursos individuais
  • Administração do Tempo
  • Qualidade de Vida
  • Dinâmicas para Auto-Avaliação

POSSÍVEIS MODELOS DE ABORDAGEM

  • Palestras para eventos específicos como: Dia da Secretária, e eventos especiais sobre o tema. Duração: de 45 minutos a duas horas.
  • Oficinas de capacitação / Workshop customizados de acordo com as necessidades e objetivos do cliente: duração de 4 ou 8 horas – com dinâmicas, vídeos, e exercícios específicos

Inscreva-se no treinamento  através do formulário abaixo